Sítio arqueológico São Lourenço dos Francos

Trata-se de um projecto arqueológico em São Lourenço dos Francos que se encontra a ser desenvolvido pelo município da Lourinhã através dos arqueólogos Gerardo Gonçalves e Dina Borges Pereira.

O projecto procurará, em primeira instância, avaliar o potencial arqueológico e patrimonial do sítio e, no essencial, possibilitar a valorização e promoção deste local arqueológico. Terá uma duração de três anos (2022, 2023 e 2024) e contará com a participação de alunos de diversas universidades em Portugal e outros interessados.

Segundo revelou a autarquia lourinhanense, os dados até agora recolhidos permitem, em parte, concluir que se trata de um sítio arqueológico, o qual, provavelmente, recuará até à época romana.

Os trabalhos de arqueologia, que se iniciaram a 7 de Julho, passam por uma escavação arqueológica, inventário, classificação e desenho de artefactos e materiais arqueológicos, implementação das novas tecnologias da informação em Sistemas de Informação Geográfica e fotogrametria, modelos digitais de estruturas e artefactos, entre outros procedimentos e atividades.

Até ao momento a equipa já conseguiu recolher perto de 700 materiais arqueológicos, nomeadamente moedas, asas de jarros e alguns fragmentos de taças e pratos. Antes disso, em 2017 foram descobertas no local duas lagaretas por ocasião do início da construção de um crematório naquele local, cujo processo foi interrompido devido a este achado.

Meta Volante em Homenagem a Rui Duro

Por iniciativa da União das Freguesias de Miragaia e Marteleira, há uma homenagem póstuma ao ciclista lourinhanense Rui Duro, vencedor desta prova desportiva em 1989.

A segunda etapa da 46.ª edição do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho, que liga Serra D’El Rei a Torres Vedras, passa pelo concelho da Lourinhã. Com uma extensão de 143,7 km, a partida está prevista para as 12h15 na vila penichense e a chegada à cidade torriense às 15h45.

Com partida junto à placa do aeródromo, o pelotão passará por Ferrel e Serra D’El Rei antes de cruzar a meta volante instalada na Atouguia da Baleia, seguindo por Casal Veríssimo e é esperado às 13h01 em Zambujeira do Mar. A passagem pela Lourinhã ocorrerá entre as 13h04 e 13h07, dependendo da velocidade dos corredores, seguindo para Casal Novo (13h09), Praia de Porto Dinheiro (13h14), Ribamar (13h16), onde está instalada uma meta volante, Casais de Santa Bárbara (13h19) e Marteleira (13h27), onde há outra meta volante, onde haverá a referida homenagem.

O pelotão passa depois por Ribeira de Palheiros (13h34), Campelos (13h37) onde está instalada mais uma meta volante, Sobreiro Curvo, Póvoa de Penafirme, Brejenjas, Santa Cruz, Avenida Atlântica, aeródromo, Silveira, Casalinhos de Alfaiata, Ponte de Rol e Torres Vedras. Antes da meta final há um circuito traçado em torno da cidade que levará os ciclistas ao Varatojo, Ventosa, Serra da Vila e são esperados entre as 15h45 e 16h05 na meta final.

Na tirada de hoje de 143,7 quilómetros, os últimos 50 são disputados no circuito torriense que inclui as subidas do Varatojo e da Serra da Vila. A corrida termina à quarta passagem pela meta.

Associação para o Desenvolvimento de Miragaia comemora meio século de vida

Iniciou esta manhã o programa comemorativo do 50º aniversário da Associação para o Desenvolvimento de Miragaia, com o descerramento de uma placa evocativa da efeméride no primeiro edifício erguido pela instituição. O programa prosseguiu com a inauguração de uma exposição com fotografias, documentos, taças e outros artigos – entre os quais a primeira bandeira – que ilustram a vida da associação ao longo de meio século.

Com a presença de todo o executivo camarário presidido por João Duarte Carvalho, bem como representantes da União de Freguesias de Miragaia e Marteleira, presidida por Edgar Santos, o presidente da direção da ADM, José Manuel Custódio, destacou a importância deste aniversário para a população de Miragaia e dos próximos desafios da instituição.

O programa comemorativo encerra amanhã, domingo, com a celebração da eucaristia, pelas 10h00, em memória dos sócios falecidos, prosseguindo uma hora depois com a abertura ao público da exposição. A cerimónia de encerramento está agendada para as 16h00, com uma homenagem aos sócios e a partilha do bolo de aniversário.